Tartufo’s 80

Apresentado dia

26 de Abril à 05 de Maio

Meia: R$15,00

Inteira: R$30,00

Sexta e Sábado às 20Hrs e Domingo às 19HrsFunarte-MG, Rua Januária, 68, Belo Horizonte -MG. Do dia 26 de Abril à 05 de Maio de 2019, Sexta e Sábado às 20Hrs e Domingo às 19Hrs.

Tartufo’s 80

Uma debochada comédia Molière
 

A Preqaria Cia de Teatro convidada a todos para o seu mais novo espetáculo “Tartufo’s 80”, uma comédia clássica de Molière adaptada para os anos de 1980. A peça com direção de Ricardo Martins será apresentada na Funarte-MG, Rua Januária, 68, Belo Horizonte -MG. Do dia 26 de Abril à 05 de Maio de 2019, Sexta e Sábado às 20Hrs e Domingo às 19Hrs.

Neste espetáculo estão em cena Izabela Oliveira, João Valadares, Marina Galeri, Piera Rodrigues, Rogério Alves. A referência da década se deu a partir do cenário, uma Brasília ano 1980, é a casa da família de Orgon. A partir daí várias ideias para completar essa atmosfera como as roupas características, a parodia de  sucessos musicais e filmes populares da época, fazem desta montagem uma grande viagem ao passado. Segundo o diretor Ricardo Martins “o desafio deste trabalho foi buscar o diálogo entre o texto original de Molière e o ambiente dos anos 80”.

O personagem título Tartufo, é capaz de mentir, roubar, fraudar, especular, transgredir moralmente com o único objetivo de obter mais privilégios. E tudo em nome de Deus. A peça, apesar de retratar uma situação que antecedeu a ascensão da burguesia na França do século 17, mantém-se atual ao denunciar males eternos e “universais”, como a corrupção, a hipocrisia religiosa, a exploração da fé e o desvio moral.

Fundada em 2006 com o objetivo de investigar a precariedade da existência humana, tema central de sua trajetória, a Preqaria Cia de Teatro nunca se prendeu a linguagem optando, a cada montagem, por pesquisas em diversos gêneros das artes cênicas. Em Tartufo’s 80 o grupo se volta para a farsa de forma bem debochada e irreverente, lidando com elementos universais do ser humano.

Currículo do GRUPO

A Preqaria Cia de Teatro completou 12 anos em Julho de 2018. Através de sua pesquisa sobre a precariedade da existência humana expressa na montagem de dez espetáculos e três curta-metragens a companhia se firmou no cenário teatral mineiro e nacional, participando de festivais importantes no país entre eles a Mostra Oficial do Festival de Curitiba e o Festival de Cinema de Gramado, ambos os mais importantes em suas categorias. O grupo ganhou por duas vezes o Prêmio Funarte Miriam Muniz, uma premiação nacional da Funarte, entre outros prêmios, e realizou parcerias com artistas de renome internacional.

Mas foi em 2009 que o grupo deu início ao seu empreendimento mais importante: a “Escola Livre de Teatro” de Sete Lagoas – MG que vem transformando a realidade teatral da cidade. Mais de 1000 pessoas já passaram pela escola entre oficinas, cursos de iniciação e formação teatral e projetos sociais.

A Preqaria Cia de Teatro realiza desde 2014 a “Temporada de Teatro de Sete Lagoas” uma iniciativa que uniu todos os grupos de teatro da cidade, além de vários grupos de outras partes do país, formando público e uma rede de produção e divulgação compartilhada. Até aqui foram mais de 1300 artistas participantes e mais de 30 mil espectadores assistindo espetáculos gratuitos de diferentes linguagens. Um trabalho de compartilhamento artístico e formação de público reconhecido pela Prefeitura Municipal de Sete Lagoas que concedeu ao grupo o título de Utilidade Pública Municipal.

Ficha Técnica:

Texto: Molière

Direção: Ricardo Martins

Atuação: Izabela Oliveira, João Valadares, Marina Galeri, Piera Rodrigues, Rogério Alves.

Figurinos: Steysse Reis

Assistente de Figurino: Isabela Pena

Cenário: Preqaria Cia de Teatro

Cenotecnico: Rogério Alves

Iluminação: Allan Calisto

Assessoria de Imprensa: Glenda Souza e Marcelo Sander

Preparação Vocal: Mestre Sauva

Preparação Musical: Rogério Pardal

Trilha e Paródias Musicais: Preqaria Cia de Teatro

Coreográficas: Julio Gomes

Fotos e Vídeos: Junio Souza

Design Gráfico: Fabiano Lana

Produção: João Valadares

Realização: Preqaria Cia de Teatro